Dermatomiosite canina-símile em cão sem raça definida: relato de caso

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Paolo Ruggero Errante
Priscyla Taboada Dias da Silva
Yara Cláudia Vasconcelos

Resumo

A dermatomiosite canina é uma vasculopatia inflamatória da pele e músculos, com manifestações cutâneas envolvendo a face, orelhas, extremidades da cauda e distais por sobre proeminências ósseas. O envolvimento muscular manifesta-se sob a forma de mioatrofia cefálica, dificuldade de deglutição, redução do reflexo do vômito e marcha atípica. A dermatomiosite canina é classificada em dermatomiosite canina familiar e em forma variante ou dermatomiosite-símile. Neste relato descreve-se um caso de dermatomiosite-símile em cadela de dois anos de idade, sem raça definida, que apresentava necrose isquêmica dos pavilhões auriculares e atrofia dos músculos temporal e masseter. O exame dermo-histopatológico realizado em fragmentos de pele dos pavilhões auriculares, região cefálica e amostras de tecido muscular (temporal e masseter) confirmou a existência de dermatite perivascular e foliculite de interface pobre em células, focos de atrofia folicular e de fibras musculares e moderada fibrose dérmica. Portanto a histopatologia, associada às manifestações clínicas do animal, permitiu o estabelecimento do diagnóstico de dermatomiosite-símile, enfermidade pouco descrita na dermatologia veterinária brasileira.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Ruggero ErranteP.; Taboada Dias da SilvaP.; VasconcelosY. C. Dermatomiosite canina-símile em cão sem raça definida: relato de caso. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 18, n. 2, 3 ago. 2020.
Seção
ARTIGOS